Fazendas de Cogumelos: um ambiente hostil para iluminação

Explorações agrícolas de cogumelos são uma das aplicações mais hostis para equipamentos de iluminação. Some temperaturas de até 600C, umidade entre 95 e 100% e constante irrigação por meio de mangueiras a um local extremamente pequeno. Todos esses aspectos juntos pedem um sistema que possa suportar as duras condições e também proporcionar eficiência energética.

Um bom exemplo sobre o que estamos falando pode ser constatado no caso da Thakeham Farm, um dos maiores produtores de cogumelos do mundo, localizado em Pulborough, West Sussex, no Reino Unido.

A fazenda é composta de 70 galpões de cultivo e produz 6.500 toneladas de cogumelos por ano. Devido à sua natureza complexa, a propriedade requer dispositivos elétricos de iluminação para cada galpão que sejam resilientes às diferentes condições ambientais e de fácil manutenção.

Para o início da adequação foi substituída a antiga iluminação fluorescente por luminárias IP66 com mais de 100 lúmens por watt, em material não-corrosivo e certificação IK08 resistente a impactos. A solução encontrada foi a utilização o LED Dino da Megaman, que desempenha corretamente sua função graças a um difusor prismático claro, permitindo que as lâmpadas possam atingir a mesma saída de lúmen como nas tradicionais e duplas de encaixe. Para facilitar a manutenção, tudo foi instalado com fiação aparente.

Outra mudança que refletiu não somente na iluminação, mas numa redução de custos em 50%, foi a utilização de sarrafos com alturas calculadas para otimização de uso das lâmpadas, que resultou na diminuição de 130 para 63W, com a mesma eficiência de lúmens necessária.

Devido à sua classificação IP66, as ripas utilizadas são capazes de resistir a pulverização de água regular que os cogumelos necessitam na fase primária do crescimento. Já o corpo em policarbonato dos LEDs escolhidos conferiu mais segurança em relação ao vidro comum que existia, sendo praticamente inquebráveis e garantindo que a plantação não sofra qualquer dano que incorreria se uma ripa de vidro se partisse.

Outras medidas podem e devem ser adotadas, como o uso de LEDs azuis, que promovem um melhor crescimento dos cogumelos, aceleração da produção orgânica e robustez no produto final. Sem contar outros benefícios como o baixo aquecimento num ambiente já naturalmente quente e ausência completa de raios infravermelho e ultravioleta.

Independente do caminho a ser seguido, é indiscutível que a tecnologia LED beneficia do usuário normal e residencial a aplicações complexas e com características idiossincráticas. Avançando cada vez mais em matéria de funcionalidade, sem sombra de dúvida o futuro está nessas novas lâmpadas e não tem como se dizer o contrário.

Facebook Comments Box