Walmart renova iluminação em mais de 6000 lojas

A rede Walmart anunciou recentemente que a sua longa parceria com a GE em energia eficiente de iluminação LED atingiu a marca de mais de 1,5 milhão de luminárias instaladas em suas lojas, estacionamentos, centros de distribuição e escritórios corporativos, o que representa mais de US$100 milhões de economia em custos ao longo do período.

O retrofit geral em sua rede de iluminação interior começou a partir de 2014 e já é realidade em mais de 6.000 lojas Walmart no exterior. A transição para a tecnologia, porém, iniciou-se em 2005, quando começaram a ser empregadas luminárias da GE em seus refrigeradores. Em 2009 foi a vez das áreas externas, em parceria com o Departamento Americano de Energia (DOE) no programa CALIPER de avaliação de produtos comercialmente disponíveis em LED. “O efeito dessas conversões em toda a empresa é verdadeiramente surpreendente. Acreditamos que ao continuar a reduzir uma de nossas maiores despesas operacionais, estamos apoiando a inovação futura e cumprindo a nossa promessa de cada dia ter preços ainda mais baixos”, revela Mark Vanderhelm, vice-presidente de energia do Walmart.

Com uma excelente qualidade na entrega de luz, as luminárias escolhidas para integrar a rede da multinacional estadunidense de lojas de departamento fazem parte da família Current, marca da GE, com tecnologia TriGain de fósforo vermelho que aumenta tanto o CRI como o R9, melhorando exponencialmente a eficácia do LED e tornando a gama de produtos disponíveis opção premium para o varejo e aplicações comerciais. “Esse é um grande exemplo a ser seguido na indústria de varejo”, diz Mary Rose Sylvester, presidente e CEO atual da GE. E complementa: “acreditamos que a migração global para esse novo tipo de iluminação é o caminho para a próxima geração de varejo inteligente, onde o constante avanço em direção a novas soluções digitais continuará a melhorar a experiência de compra, tendo o Walmart mais uma vez na vanguarda”.

A estratégia traçada pela empresa em eficiência energética reduziu seu consumo em pelo menos 12% desde 2010 e espera-se aumentar essa vantagem em 8% até 2020. Seus investimentos em LED fazem parte ainda de um plano para redução na emissão de carbono, que até 2025 pretende ser de 18%.

Com um olhar no futuro, seguem o exemplo numa bem acertada parceria com a Current outros grandes nomes como Walgreens, Simon Property Group, Hilton Worldwide, JPMorgan Chase, HCA, Intel e Trane, no processo de iluminação LED, controles e infraestrutura inteligentes.

Facebook Comments Box