Luminárias de emergência devem atender à Norma da ABNT

0
70
Luminarias-emergencia-luz

A Abilux, por meio da sua Setorial de Iluminação de Emergência, chama uma vez mais a atenção dos Comandantes dos Corpos de Bombeiros de todos os estados brasileiros sobre a importância do cumprimento de norma emitida pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a NBR IEC 60598–2–22:2018, que trata de equipamentos (luminárias) para Iluminação de Emergência.

A Entidade esclarece que a norma se enquadra nos padrões internacionais das normas IEC e que são fundamentais para auxiliar as Corporação na avaliação e vistoria das edificações que necessitam atender a legislação vigente, principalmente no tocante a segurança de pessoas em ambientes (imóveis) públicos ou privados (indústrias, comércio, shoppings, hospitais, hotéis, aeroportos, escolas, cinemas, casas de shows etc).

O coordenador da Setorial, Wanderley Mario Bolelli lembra que o mercado brasileiro vem sendo “invadido” por produtos que, embora identificados como sendo de “emergência”, não se adequam à norma em diversos requisitos. São lanternas de acúmulo de energia (para uso doméstico), que em caso de falta da mesma, entram em ação para simplesmente iluminar o ambiente sem os critérios estabelecidos no tocante ao nível de iluminamento X tempo, fotometria, tempo de recarga etc.

“A grande maioria desses produtos é equipada com baterias de “íons de lítio” que também são vedadas pela norma e não entram em funcionamento quando ocorre queda parcial de energia (Brownout – Sub tensão – Tensão da rede elétrica reduzida por um período). Possuem interruptores/seccionadores (liga/desliga), vedados pela norma já que comprometem o funcionamento em situações de emergência”, esclarece Bolelli.

Facebook Comments