Luz ultravioleta é capaz de eliminar coronavírus de superfícies, diz estudo

0
192
luz-ultravioleta-elimina-coronavirus-estudo

A luz ultravioleta do tipo C é capaz de desativar o novo coronavírus e eliminá-lo de superfícies. É o que diz o estudo conduzido pelo Laboratório Nacional de Doenças Infecciosas Emergentes (NEIDL, na sigla em inglês) da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, junto da empresa europeia de iluminação Signify, detentora da marca Philips.

Os testes constataram que uma dose – de 5 megajoules por cm² – resultou em uma desativação de 99% da amostra de vírus da Covid-19 em apenas seis segundos. Isso significa que a luz consegue quebrar o DNA (material genético) do microrganismo e torná-lo inofensivo e incapaz de infectar uma pessoa. Assim, é possível impermeabilizar ambientes e esterilizar equipamentos de forma rápida e eficaz.

“Nossos resultados mostram que, acima de uma dose específica de radiação UV-C, os vírus ficaram completamente inativos. Em questão de segundos, não conseguimos mais detectar nenhum microrganismo”, afirma o pesquisador Anthony Griffiths, professor associado da Faculdade de Medicina da Universidade de Boston.

Segundo a infectologista Raquel Muarrek, da Rede D’Or São Luiz, a tecnologia já é usada em outras frentes da medicina para eliminar vírus e bactérias em geral. “A maioria dos trabalhos de máquina, como ultrassom, é esterilizado por raios violeta. É a limpeza mais adequada e até mais rápida”, comenta.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions sobre o mercado. Para continuar lendo, visite o site Casa e Jardim com a matéria completa.

Facebook Comments