Versáteis, luminárias de piso unem funcionalidade e decoração em tempos de home office
Foto: Francesca Tosolini (Unsplash)

Desde o ano passado, o home office tem ganhado mais espaço. Diante disso, na hora de adequar a casa, pensar em iluminação é tão importante quanto a escolha de móveis que facilitem a rotina e não destoem da decoração. Neste sentido, além de propostas que aproveitem a luz natural, o uso das luminárias de piso na composição de projetos possibilita adaptar o local para atuação profissional, ao passo que cria aquele clima descontraído e aconchegante dos ambientes de leitura e relaxamento. 

Bem-estar 

Conhecida também como luminárias de chão, esses tipos de produtos são funcionais, versáteis e, dependendo do modelo, abrilhantam a estética do ambiente. Mas a escolha não é tão simples. Uma das características a ser observada é uniformidade da luz, que contribui para o bem-estar ocular. Vale lembrar que o excesso de luminosidade e o ofuscamento podem impactar no rendimento profissional, favorecendo a sensação de cansaço.  

“Para home office costumo priorizar peças que possam ajustar a direção da luz, com hastes e cúpula reguláveis e uma luz confortável. É importante verificar se a intensidade e a posição não incomodam, pois podem gerar desconforto, dor de cabeça, entre outros problemas”, informa a arquiteta, urbanista e light designer (ld) Luciana Guerra, do escritório Lu Guerra Luz & Design

Leia também: Tendências de iluminação para 2021

Versatilidade 

Quarto, escritório, sala, quintal… independentemente do uso em home office, as possibilidades de decoração com as luminárias de chão são amplas, graças aos designs presentes no mercado, que vão desde estilos rústicos aos mais modernos. 

“Para mim, sala de estar sempre pede uma luminária de piso. Seja uma peça mais decorativa, que não ilumine tanto, ou uma luminária com cúpula difusa em tecido, deixando um ambiente mais acolhedor. Ao lado de uma poltrona, seja na varanda ou quarto também cabe uma com luz direcionável para leitura, por exemplo”, conta Luciana. 

Tendências 

Além das questões estéticas, com a possibilidade de atuação híbrida no pós-pandemia e permanência de trabalho remoto, as luminárias de piso tendem a ganhar mais espaço. É o que acredita a arquiteta e ld, “tenho notado uma maior preocupação com o conforto visual. Apesar de no Brasil ainda termos pouca variedade dessas peças, vejo, cada vez mais, designers desenvolvendo luminárias. Por isso, a tendência é de termos mais modelos disponíveis, com maior qualidade da luz”.  

Moda 

Apesar de estarem em alta como itens funcionais e de decoração, o uso das luminárias de piso não é recente no interior das residências. Elas compõem projetos de decoração há décadas. Segundo Luciana, “nos meus projetos, elas sempre foram presença constante. Na minha opinião, as peças já foram mais populares, principalmente, em casas da década de 1950. Mas, de uma forma geral, tenho percebido que as pessoas têm buscado mais esse tipo de solução. Além da indicação mais frequente em projetos de luz e decoração”.  

Para Luciana, as luminárias de piso devem ganhar mais espaço por mais um motivo. “Elas estão cada vez mais presentes na decoração, pois além de ter o seu caráter estético, cumprem a função de iluminar o ambiente. Deixando-o, assim, mais aconchegante. Costumo dizer que muitas vezes achamos um ambiente escuro, o que falta é apenas o brilho de uma peça decorativa”.  

Este e muitos outros assuntos relacionados à iluminação serão apresentados na Expolux, principal evento de iluminação da América Latina. Continue acompanhando as notícias e novidades do mercado aqui no blog e nas redes sociais do evento. 

Facebook Comments Box