Automação da iluminação: 5 motivos para apostar nessa tecnologia

Conforto ambiental e economia de energia são benefícios que podem ser obtidos com a iluminação inteligente. Saiba mais

Automação da iluminação: 5 motivos para apostar nessa tecnologia
Foto: Zhu Difeng / Shutterstock

Até pouco tempo, sistemas de automação para a iluminação em residências e escritórios eram vistos como algo de alto luxo, designado apenas àqueles com muito apreço por inovação. Mas assim como tudo o que envolve tecnologia, as soluções foram gradativamente se tornando mais acessíveis em custo e complexidade. Hoje, são vários os motivos que justificam o interesse pela iluminação inteligente. Confira a seguir os principais:

1) CONFIGURAÇÃO E CONTROLE SIMPLIFICADOS

Qualquer residência, seja nova ou em uso, pode receber sistemas de automação com baixo grau de intervenção. Principalmente os sistemas sem fios com transmissão por radiofrequência proporcionam essa facilidade. Graças a essa tecnologia, a instalação pode ser feita em pouco tempo e de forma gradativa.

Além disso, os principais sistemas de automação são capazes de se integrar com as redes internas de dados, viabilizando o uso de equipamentos específicos e de dispositivos genéricos, sobretudo smartphones.

Leia também: Crise hídrica causará falta de energia elétrica

“Mesmo em projetos mais complexos que necessitam de instalação e programação profissional, a manutenção e os upgrades podem ser feitos remotamente. O acionamento pelo usuário também é bastante simplificado através de novas interfaces, como painéis de toque, smartphones, tablets ou assistentes de voz”, comenta José Roberto Muratori, diretor-executivo da Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside).

“O mercado luminotécnico oferece produtos com opções de conectividade e controle por aplicativo que podem ser instalados de forma rápida e simples. Como exemplos, podemos citar as luminárias com mais de uma temperatura de cor e produtos que deixam o ambiente com luz colorida”, acrescenta a arquiteta Nathany Eirós, coordenadora de projetos luminotécnicos da It’s Informov.

2) EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E DURABILIDADE

A regulagem adequada entre iluminação artificial e natural, assim como o desligamento seletivo em função da ocupação do ambiente, garantem aos sistemas automatizados maior eficiência no uso de energia.

Esta é uma curadoria de conteúdo da RX Brasil sobre automação da iluminação. Para continuar lendo, acesse o site AECweb.

Facebook Comments Box