Qual é a relação entre a “Indústria 4.0” e a “eficiência energética na indústria”?

A eficiência energética é um dos pilares da indústria 4.0, sistema ao qual todas as empresas terão que se adaptar para garantir a sua permanência no mercado. Confira o post e saiba de que forma você pode aumentar a eficiência energética na indústria!

A Indústria 4.0 é um movimento que teve início em países desenvolvidos e caracteriza a quarta revolução industrial, cuja base são as novas tecnologias, como a big data, a internet das coisas e a inteligência artificial, que estão consolidando importantes transformações no setor industrial.

Mas, quais são estas mudanças e qual é a relação entre a indústria 4.0 e a eficiência energética na indústria? Continue a leitura e descubra!

Qual a relação entre a indústria 4.0 e a eficiência energética na indústria?

A indústria 4.0 se caracteriza por utilizar as tecnologias digitais para otimizar os processos, melhorar a qualidade de produtos e serviços, reduzir o consumo de energia e contribuir para uma gestão mais assertiva. 

Para que as empresas possam se manter competitivas, garantindo a sua fatia no mercado, elas terão que se adaptar a este novo sistema. E quanto antes a sua empresa se adequar às novas tecnologias, melhor!

Um estudo realizado pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) apontou que a estimativa de redução de custos industriais no Brasil, a partir da mudança da indústria para o sistema 4.0, será de pelo menos R$ 73 bilhões ao ano. Deste total, R$ 34 bilhões estão relacionados à diminuição de custos com manutenção de maquinário e R$ 7 bilhões dizem respeito à economia de energia elétrica.

Assim, podemos afirmar que a eficiência energética é uma das principais aliadas da indústria 4.0, uma vez que este sistema também inclui mudanças das plantas fabris, por meio da economia no consumo de energia elétrica e redução do uso de recursos naturais.

Eficiência energética é uma das bases da indústria 4.0

De acordo com informações da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), 42% da energia consumida pelo setor é desperdiçada devido a problemas como iluminação insuficiente e perda de calor. Por isso, a eficiência energética é um dos principais benefícios e um dos pilares da indústria 4.0.

No entanto, o conceito desta nova indústria é mais amplo, pois, além de otimizar os processos produtivos, ela também busca criar soluções sustentáveis, melhorar a qualidade do ambiente de trabalho e, especialmente, diminuir o uso de recursos mantendo o alto rendimento.

Esta é uma curadoria de conteúdo da RX Brasil sobre Indústria 4.0 e o setor de iluminação. Para continuar lendo, acesse o site Zagonel.

Facebook Comments Box