A importância do Lighting Designer

A atuação do lighting designer requer habilidades técnicas de compreensão sobre o comportamento da luz, que envolvem a medição de sua intensidade e o desempenho de cada uma das fontes disponíveis. Falando dessa maneira parece-nos até que por meio de fórmulas matemáticas é possível delinear um projeto de iluminação. No entanto, para ser um reconhecido designer da luz é preciso ir muito além do conhecimento técnico, e saber aplicá-lo com muita criatividade e estética.

Por isso que um projeto luminotécnico inicia-se pela fase conceitual, onde são levantados pontos sobre o resultado que se pretende conseguir com o uso da luz em cada um dos ambientes pensados; bem como características e expectativa de quem está contratando o serviço, afinal o trabalho deve atendê-las ao máximo.

Assim como o designer de mobiliário não se atém a aspectos técnicos puramente para norteá-lo no ato projetual, o lighting designer também prima pelos resultados estéticos, por proporcionar a atmosfera ideal que o bom uso da luz lhe permite. É preciso enxergar além do cálculo de luz por metro quadrado, e do potencial da fonte frente ao seu consumo energético.

O que se espera de um lighting designer:

– conhecimentos sobre o funcionamento da luz;

– atualização constante sobre as fontes luminotécnicas existentes;

– criatividade;

– capacidade de interpretar assertivamente os anseios do cliente.

Utilização da luz artificial

Por meio do bom uso da luz é possível se definir os limites espaciais e conferir volumetria aos ambientes. Destacar elementos decorativos e criar diferentes cenários também são qualidades de um bom projeto. Por meio da utilização correta da luz se acentuam cores e contrastes, se criam efeitos de luz e sombra ou se confere a plena acuidade visual, em ambientes marcados pela necessidade de ampla iluminação.

Utilização da luz natural

Saber se apropriar da luz natural é uma característica fundamental exigida do bom lighting designer. Importante frisar que nenhuma luz artificial é capaz de substituir a qualidade da iluminação natural. Possibilitar o seu uso, saber trabalhá-la de forma inteligente vai conferir economia ao projeto e a ambiência plena sintonia com a sinergia do dia a dia. Como se o ambiente que dela se apropria esteja intimamente ligado ao todo que o compõe, se beneficiando do que há de melhor e mais natural que está sendo oferecido.

Esta é uma curadoria de conteúdo da RX Brasil sobre A Importância do Lighting Designer. Para continuar lendo, acesse o site Loricrizel.

Facebook Comments Box